15.06.2012 – Volta às aulas

Com aquele ar de inverno, sol aquecendo logo de manhã, às 10h matinais de um domingo nos refrescaram a memória de um antigo sentimento. Após quase 2 meses, havia uma saudade em voltar para a Rua Javari.

Acompanhado do bom e velho Riso, fomos reencontrando os antigos travessos que vimos em Osasco pela última vez. Alguns deles até trouxeram a nova companhia amorosa, perpetuando quase que uma tradição dos juventinos: se me ama, me acompanha; e, se me acompanha, come cannoli. Dito e feito.

Como a volta às aulas, tudo é novo em um antigo esquema. Uns 10 jogadores foram trocados, um novo campeonato se iniciava e uma nova loja foi inaugurada; mas a essência estava lá: sofredores de 80 anos, sofredores de 10 anos, a Ju-Jovem atrás do gol. Até parecia que o hiato tinha sido de 2 dias e não 2 meses. Tudo igual.

Começamos perdendo para o São Bento logo nos primeiros 20 minutos de jogo. O que esperar? Goleada adversária. Não sucedeu. Seguramos até os 39″ do 2T para começar a reação. Com mais um golaço e mais um pênalti salvador na Javarí, junto com a explosão da torcida, o sofrimento corriqueiro nos abraçava em começo de campeonato, comemorando gols conosco e nos fazendo lembrar do grená que corre no sangue.

Forza Juve. Forza campioni. Forza juventinos.

Este é só mais outro começo.

Rua Javari, 117

Juventus x São Bento