03.03.2012 – Gostosuras ou Travessuras

Por Bernardo*

Neste sábado fui à Rua Javari, convidado (leia-se inspirado) pelo Gui Louback. Mais do que a insistência dele, o que me levou ao estádio do Juventus, foi seu brilho no olhar que surge ao falar desse clube.

Fui pensando em duas coisas, as que dão título ao post. Queria verificar se os grandes atrativos desse programa paulistano valiam a fama que têm.

1 – Se o Cannoli é tudo isso.

2 – Se o moleque é mesmo travesso, ou pelo menos, se o apelido ainda era apropriado após décadas de existência.

Confesso que não esperava muita coisa, mas tinha esperança de que a experiência valesse a pena por seus atrativos e não pelo fato de ser um programa recomendado da cidade.

Estou tentando ser breve no meu relato, por isso vou ocultar sensações interessantes que podem ficar para outros posts.

O que posso dizer, é que mal o juiz apitou o término do primeiro tempo, eu já estava na fila do famoso doce, bem próximo do Sr. que o serve apressadamente, para atender a demanda. Consegui registrar o momento. Tão logo terminei meu Canolli e a namorada do Gui se ofereceu para pegar mais, gostei bastante do com sabor de creme, mas resolvi experimentar também o chocolate. Eu estava havia 1 mês sem comer doce e dentre tantos que eu poderia atacar, me permiti ao prazer de degustar dois Canollis, não me arrependo e digo mais, da próxima vez como três, se criarem um sabor doce de leite.

Foi tanta gostosura que até me esqueci de falar das travessuras. Em resumo posso dizer que foi um sábado de experiências inusitadas. Eu nunca havia presenciado no estádio, um jogo com essa composição:

-4 a 0 para o time que eu estava torcendo.

– 3 expulsos do adversário.

– Eu puxar um grito da torcida.

– Conseguir ver a expressão do jogador ao sair de campo no intervalo.

– Impedir uma criança de jogar bala no técnico.

– Duas torcidas unidas para protestar contra um técnico (atual do Taubaté que era do Juventus no ano passado).

– Torcedores pousarem para eu filmar e fotografar suas reações.

    

O que posso dizer? Ir à Rua Javari acompanhar o Juventus é garantia de gostosuras e travessuras. O estádio do Juventus parece a Terra do Nunca. Mas esse assunto fica para um próximo post, se Deus quiser e o Gui deixar.

Rua Javari, 117

Juventus x Taubaté

Bernardo – criativo multiplataforma e multifuncional que se disfarça de planejador.

Anúncios